Combatendo a queda de cabelo

Enviado por Bunita em outubro 20, 2011 | 21:38 | Versão para impressão

Você quer que seu cabelo cresça mais rápido? Novos tratamentos e produtos podem ajudá-la a conquistar mechas longas e poderosas.

Penélope Cruz, Blake Lively, Gisele Bündchen. Essas estrelas de sucesso têm algumas coisas em comum. O cabelo lindo, de fazer suspirar a concorrência, é a primeira delas. Antepassados com mechas cheias e vistosas, possivelmente também. “Fio que cresce rápido e forte costuma ter raiz de diâmetro mais largo, característica herdada geneticamente”, diz o dermatologista Ademir Júnior, de São Paulo.

Mas se a genética pesa, outros fatores implicam em feixes mais ou menos abundantes. “Deficiência nutricional, estresse, desequilíbrio hormonal e até doenças da tireoide são fatores que provocam alterações, assim como a menopausa”, diz o dermatologista Celso Sodré, do Rio de Janeiro. Queda acentuada, afinamento e falhas são sinais de que é hora de ir ao médico procurar ajuda.

Força-tarefa

Após uma análise inicial, o especialista decide que tipo de técnica utilizar. O tratamento pode começar com a indicação de substâncias de uso tópico e a ingestão de suplementos - sempre, é claro, levando em conta as necessidades de cada paciente. “Loções à base do vasodilatador minoxidil e de alfaestradiol, aplicadas no couro cabeludo, são eficazes contra o afinamento e a queda”, diz a dermatologista Flávia Sternberg, de São Paulo. “Suplementos vitamínicos e protéicos são igualmente úteis.”

Técnicas como a mesoterapia com proteínas podem ser agregadas. Em cada sessão, o médico dá microinjeções no couro cabeludo, introduzindo minoxidil, proteínas e outros ativos nutritivos (o mix vem diluído em anestésico). A sessão sai entre R$ 200 e R$ 350 e os resultados surgem entre dez e 15 sessões. A luz do tipo LED é outra aliada contra o crescimento lento. “Ela estimula a raiz do cabelo, fazendo com que ele cresça com mais vigor”, diz a dermatologista Graça Silveira, do Rio de Janeiro. As sessões saem por cerca de R$ 150.

Lição de casa

Além de seguir os tratamentos recomendados pelo médico, fique de olho no próprio prato. “Ingerir minerais como zinco, cobre e ferro e aminoácidos formadores da queratina, presentes em alimentos como carne, grãos, ovos, castanhas, nozes e folhas de cor escura, é essencial para manter a qualidade e a quantidade de cabelo”, diz Ademir Júnior. “Dietas restritivas podem diminuir o consumo dessas substâncias e nesses casos tomar um complemento se torna obrigatório”.

Consumo

Shampoos e cosmecêuticos para aplicar no couro cabeludo e estimular a raiz funcionam como um complemento ao tratamento. Veja algumas sugestões de produtos:

1. Kerium, da La Roche Possay.
2. Anastim concentrado, da Ducray.
3. Balance Scalp Serum, da Wella.
4. Aminexil SP94 Fórmula Mulher, da Vichy.
5. Fluido Nutritivo Fortesse, da Medicatriz.

Gabriela Garcia

Cabelos , , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

1 comentário. Faça o seu!


Envie sua resposta