Aprenda a usar diversos tipos de botas

Enviado por em maio 27, 2011 | 22:13 | Versão para impressão

No inverno, as botas são destaque no guarda-roupa feminino. Aprenda como usar os novos tipos, como hiking boot, bota média e cuissardes.

De um lado as ankle boots, que já entraram para a categoria de clássicos do nosso closet. De outro, as exageradas – mas totalmente fashionistas – cuissardes. No meio dos extremos, hikings, canos médios e coturnos.

Não importa o modelo, uma coisa é certa: neste inverno, toda mulher vai brincar de ser gata – de botas, que fique bem claro!

ooo

Ankle boot

Como é: curta, na altura do tornozelo – daí o nome em inglês. Versátil, lembra sapatos abotinados e já virou clássica: que mulher não tem pelo menos uma no armário? A preta é curinga, e a bege, a mais fresh.

O que é novo: usar ankle boots para adicionar peso e rebeldia aos looks de festa – nada de escarpins bobinhos! Aposte no modelo aberto, chamado peep ankle.

Experimente: em produções étnicas, o contraste da bota – bem urbana – com peças cheias de perfume folclórico (Rússia, China etc.) é a melhor tradução de 2010.

Sinal vermelho: para quem tem canela grossa – a bota realça essa região. Se esse é o seu caso, use só na companhia de calças ou meias-calças.

000

Hiking boot

Hiking boot

Como é: lembra do tênis com salto dos anos 1990? Um medo! A hiking é uma evolução do modelo graças aos deuses da moda. Apareceu na passarela da Chloé no inverno 2009 e estourou agora.

O que é novo: embarcar na onda esportiva, mantendo o espírito dos tênis de montanhismo.

Experimente: combinar um modelo caramelo, mais tradicional, menos aventureiro, com peças sóbrias!

Sinal vermelho: para os looks muito formais, escritórios idem. Nesse caso, reserve o modelo para os fins de semana – ele combina mais com produções descompromissadas e desprentesiosas.

000

coturno

Coturno

Como é: tem solado cujos vincos na borracha lembram as marcas de trator. Caiu nas graças dos punks nos anos 1970 e dos modernos nos 2000. Volta agora em versões mais chics.

O que é novo: o look militar de butique: coturno + vestido de festa ou coturno + calça cargo + camisa fina + clutch. O mix deixa a bota mais sofisticada.

Experimente: coturnos bem pesados com vestidos levinhos – no melhor espírito high-low.

Sinal vermelho: para o visual militar total – o estilo está na moda, sim, mas não é por isso que você precisa sair pronta para a guerra.

000

médias

Média

Como é: como o nome já diz, o modelo tem cano intermediário – é mais clássico e fica mais fácil de acertar do que as muito longas. Invista sem medo!

O que é novo: brincar de bonequinha de luxo versão século 21 – com botas acompanhas de peças superfemininas, como saias tulipa e vestidos com cintura marcada por cinto fino, quase 50.

Experimente: botas feitas de material molenga, como a camurça, e que permitem variações de altura – deixá-la franzida é bem moderno.

Sinal vermelho: novamente para pernas muito grossas – ela marca (e realça) a panturrilha.

000

cuissardes

Cuissarde

Como é: o comprimento fica acima do joelho e pode chegar até as alturas – leia-se coxa! É a mais fashion e a mais perigosa. Use com moderação!

O que é novo: combiná-la com peças superchics, que não lembram muito o clima coquete do inverno 2009 da Louis Vuitton, quando elas voltaram à tona.

Experimente: criar um efeito de meia, com a cuissarde sob uma saia. Ou usá-la sobre calças bem justas – desde que suas pernas sejam finas!

Sinal vermelho: como é – longa, encurta a perna – baixinhas passem longe. Evite também looks perigosos (microssaia + bota longa + blusa justa + bijoux mil) se quiser evitar o visual Pretty Woman.

 

Renata Piza

Comentários

comentários

Estilo , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

2 Comentários. Faça o seu!


Envie sua resposta