Acabe com o bigode chinês!

Enviado por em janeiro 23, 2011 | 18:15 | Versão para impressão

Ele é campeão no ranking das marcas de expressão que incomodam as mulheres. É o que se destaca mais do que um sorriso e, algumas vezes, até com a boca fechada é possível visualizá-lo. O famigerado “bigode chinês” é a marca no rosto que deixa as mulheres com aparência pesada e envelhecida.

Chamado também de sulcos nasogenianos, são aquelas marcas fortes, na proximidade do nariz até o canto da boca. “Eles aparecem por expressão, ação da gravidade sobre os tecidos da bochecha e características familiares”, explica a cirurgiã plástica Audrey Worthington, de São Paulo.

Ela diz que não há uma idade exata para que o “bigode chinês” apareça. A mímica facial ou as características genéticas da pessoa podem ditar quando ele vai marcar o rosto. Mulheres na faixa dos 30 anos costumam reclamar bastante dele e lotam consultórios e clínicas de estética, no intuito de se livrar do indesejado sinal.

Audrey, que é pós-graduada em medicina estética, explica que uma das maneiras de evitar o aparecimento é se alimentar de maneira correta, com a ingestão proteínas e outros produtos que mantenham o colágeno saudável. Além disso, ginástica facial, hidratação e proteção contra fatores externos e o sol podem evitar ou retardar seu aparecimento.

Se a prevenção falha, uma opção é recorrer aos métodos estéticos, para a remoção total ou parcial do “bigode”. “Quando o sulco é suave e não há excesso de pele, a correção é feita por preenchimentos que podem ser permanentes ou temporários”, diz a especialista. Ela indica o tratamento com polimetilmetacrilato (permanente), a hidroxiapatita (semipermanente) e o ácido hialurônico (temporário com duração de até um ano).

“É comum alguns médicos utilizarem o fio de tração na região, como o fio russo ou mesmo fios de nylon”, diz ainda a médica. Outro recurso é a cirurgia, utilizada quando há excesso de pele caindo sobre os sulcos. O objetivo, nesse caso, é tracionar os tecidos, tanto interna quanto externamente.

Vila Mulher

Comentários

comentários

Cirurgia Plástica , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

3 Comentários. Faça o seu!


Envie sua resposta